O que se aprende na graduação em Investigação forense e perícia criminal

investigação forense e perícia criminal

Um dos cursos de graduação bastante procurados no UniDomBosco é o de Investigação forense e perícia criminal.

Quem nunca assistiu a uma série ou a um filme em que um investigador forense colabora na resolução de um caso bastante desafiador?

Mas como de fato é a atuação profissional de quem se forma na graduação em Investigação Forense e perícia criminal? Quais são os aprendizados do curso? Como é o mercado de trabalho.

Resolvemos detalhar tudo isso nesse artigo que vai ajudar bastante aqueles que estão interessados nessa graduação.

Como é a atuação desse profissional?

Com a graduação em Investigação Forense e perícia criminal do UniDomBosco, após os 3 anos de curso na modalidade EAD, o profissional terá um diploma de tecnólogo. É importante essa observação, pois a maioria dos concursos públicos na área exigem uma formação de graduação do tipo bacharelado. Então, se o seu objetivo é prestar concurso, o ideal é cursar também outro curso de graduação. O curso de Direito ou cursos na área da saúde são os mais indicados e correlatos.

Porém, a atuação não existe somente em cargos públicos e o mercado possui muitas colocações para esse tipo de profissional. A atuação pode ser feita de forma autônoma, em equipes em escritórios de advocacia e em agências de investigação particular, em departamentos jurídicos ou setores de combate a fraudes de empresas e consultorias.

As principais tarefas de um profissional de investigação forense e perícia criminal são:

  • Análise de materiais e documentos;
  • Envio do material coletado;
  • Exame dos locais de crimes em busca por evidências;
  • Reconstituição de fatos que antecederam o crime;
  • Reunião de provas e fatos para a elaboração de laudo pericial criminal, entre outros;
  • Seleção e coleta de indícios do crime.

O que se aprende na graduação?

Fazem parte da grade curricular da graduação em Investigação Forense e perícia criminal disciplinas como:

  • Direito digital;
  • Empreendedorismo;
  • Comunicação;
  • Direito penal aplicado;
  • Direito processual penal aplicado;
  • Direito civil aplicado;
  • Técnica de investigação;
  • Direito notarial aplicado;
  • Sistema de segurança pública no Brasil;
  • Direitos humanos;
  • Vitimologia;
  • Técnica de entrevista e interrogatório;
  • Negociação;
  • Pensamento estratégico e tomada de decisão;
  • Informática forense;
  • Ética profissional;
  • Fotografia aplicada;
  • Perícia forense;
  • Contabilidade aplicada,
  • Psicologia forense;
  • Libras.

Se você tem interesse por essa área e deseja mais informações sobre o curso, acesse o site.

E se você busca informações sobre cursos de graduação, mercado de trabalho e tendências, acompanhe o blog UniDomBosco, em que todos os dias um novo artigo é publicado, e nossas redes sociais.