Metodologias ativas de aprendizagem: como se especializar?

Avatar

As metodologias ativas de aprendizagem estão revolucionando a educação ao colocar os alunos no centro do processo educativo. Essas abordagens dinâmicas promovem o engajamento e a participação dos estudantes.

Para se especializar nessa área, é essencial entender suas bases teóricas, explorar exemplos práticos e praticar a aplicação em diferentes contextos educacionais. A busca por certificações, a participação em cursos especializados e a leitura de publicações acadêmicas são caminhos importantes para quem deseja se aprofundar nesse campo.

Para compreender mais sobre este tema, no post de hoje vamos entender o que são metodologias de aprendizagem, como se especializar nessa área e quais as vantagens desse conhecimento no mercado de trabalho. 

O que são metodologias ativas de aprendizagem? 

Metodologias ativas de aprendizagem são abordagens pedagógicas centradas no estudante, onde o aluno é protagonista do próprio aprendizado. Diferente do modelo tradicional, no qual o professor é a principal fonte de conhecimento e os alunos são ouvintes passivos, as metodologias ativas estimulam a participação, a interação e a colaboração (fone: Escola Digital – Professor).  

Uma das características fundamentais dessa abordagem é a busca por um ambiente educacional mais dinâmico, onde os estudantes são incentivados a explorar, discutir, experimentar e refletir sobre os conteúdos. Ao invés de, simplesmente, receberem informações, eles são encorajados a descobrir conhecimento por conta própria e a aplicar o que aprendem em situações práticas. 

Com as metodologias ativas de aprendizagem, o professor se torna um mediador, direcionando os alunos para solucionarem problemas, elaborarem ideias e argumentos próprios, trabalharem em equipe e desenvolverem demais competências, como a responsabilidade, proatividade e ética. 

Quais são os 6 princípios das metodologias ativas?

Como vimos, as metodologias ativas, também conhecidas como aprendizagem ativa, representam uma abordagem de ensino que coloca o estudo no centro do processo de aprendizagem. 

Veja a seguir os seis princípios fundamentais dessa abordagem (fonte: Saraiva Educação):

criancas-plantando

Aluno como protagonista 

Como já visto anteriormente, o aluno é a peça central no processo de ensino perante essa abordagem. Isso promove a autonomia, pensamento crítico, trabalho em equipe e criatividade. O aluno é incentivado constantemente a buscar conhecimento, colaborar com colegas e aplicar o que aprende em contextos reais.

Autonomia 

O segundo princípio destaca a importância de fornecer autonomia aos alunos. As metodologias ativas encorajam os estudantes a tomarem iniciativa, expressarem suas ideias e desenvolverem suas próprias formas de aprender. O professor assume o papel de guia, promovendo a participação ativa dos alunos. Esse princípio fortalece a autoconfiança do estudante e estimula seu engajamento e atitude positiva. 

Reflexão sobre a realidade

As metodologias ativas de aprendizagem propõem que os alunos reflitam sobre a realidade em que vivem. Esse princípio incentiva a conexão do conteúdo teórico com contextos práticos e a resolução de problemas com base em situações reais. A capacidade de relacionar a teoria à prática ajuda a formar profissionais mais preparados para enfrentar desafios do mundo moderno. 

Trabalho em equipe 

O quarto princípio destaca a importância do trabalho em equipe. As metodologias ativas estimulam a colaboração entre estudantes, promovendo um ambiente em que o aprendizado é construído coletivamente, desenvolvendo habilidades interpessoais como liderança, comunicação e mediação de conflitos.

Inovação

Embora as bases teóricas da aprendizagem ativa existam há séculos, elas precisam evoluir para acompanhar as novas gerações. A inovação implica em adaptar métodos e atividades ao contexto atual, mantendo o aluno engajado e interessado. A autocrítica e a reflexão constante são essenciais para garantir a relevância dos métodos. 

Professor como mediador 

Ao invés de ser uma figura de autoridade suprema na sala de aula, o professor atua como facilitador do processo de aprendizagem. Seu papel é orientar, motivar e apoiar os alunos, encorajando-os a “aprender a aprender”. 

Quais são as metodologias ativas de aprendizagem? 

As metodologias de aprendizagem evoluíram para se adaptarem às necessidades dos alunos e do mundo moderno. Aqui estão cinco exemplos principais dessa abordagem (fonte: TOTVS): 

  • Aprendizagem Baseada em Projetos (PBL): Os alunos trabalham em projetos reais ou simulados para resolver problemas complexos. Eles implicam conhecimentos teóricos para encontrar soluções práticas.
  • Aprendizagem Baseada em Problemas: Os alunos recebem problemas sem uma solução clara, que devem resolver de forma colaborativa. A abordagem incentiva a pesquisa independente, a colaboração e a aplicação prática do conhecimento teórico.
  • Sala de Aula Invertida: Os estudantes estudam o conteúdo em casa, geralmente por meio de vídeos ou leituras e usam o tempo de aula para atividades práticas e discussões. Essa metodologia permite mais interação entre alunos e professores, além de um aprendizado mais ativo.
  • Gamificação: a gamificação usa elementos de jogos para tornar o aprendizado mais envolvente. Recompensas, desafios e competição saudável incentivam os alunos a participarem ativamente e a alcançar metas de aprendizado.
  • Aprendizagem por Competência: foca no desenvolvimento de habilidades específicas que são necessárias para a carreira ou para a vida. Os estudantes avançam conforme demonstram proficiência, tornando o aprendizado mais personalizado.

E os principais benefícios?  

As metodologias ativas em sala de aula oferecem diversos benefícios para a aprendizagem, conforme pontua o Portal Sesi Senai, impactando positivamente tanto alunos quanto professores:

  • Autonomia e protagonismo: O aluno é o centro do processo de ensino-aprendizagem, sendo responsável pela sua própria construção do conhecimento.
  • Engajamento e motivação: As aulas se tornam mais dinâmicas e interessantes, aumentando a participação ativa dos estudantes.
  • Desenvolvimento de habilidades socioemocionais: Além de habilidades cognitivas, as práticas incentivam o desenvolvimento de competências como cooperação, flexibilidade e liderança.
  • Confiança e preparação para o futuro: Os estudantes se preparam não só para exames como o vestibular, mas também para o mercado de trabalho e desafios da vida, ganhando mais confiança e segurança.

Como se especializar em Metodologias Ativas de Aprendizagem?  

Se especializar em metodologias ativas de aprendizagem é um caminho valioso para educadores que desejam inovar em suas práticas pedagógicas

Por exemplo, a pós-graduação em Aprendizagem Ativa oferece um aprofundamento em técnicas que promovem maior engajamento dos estudantes. Ao cursar essa especialização, professores aprendem a criar ambientes de aprendizagem dinâmicos, que estimulam a participação e a autonomia dos alunos. O resultado é uma experiência educacional mais envolvente e eficaz. 

Além disso, uma pós nessa área pode aumentar a empregabilidade e abrir novas oportunidades profissionais, uma vez que as instituições de ensino buscam cada vez mais inovar suas abordagens educativas. 

Aprendizagem Ativa: pós EAD do UniDomBosco

A pós-graduação EAD em Aprendizagem Ativa do UniDomBosco é direcionada para graduados em diversas áreas que estejam interessados em inovar as formas de ensinar e aprender.

A sua duração é de 13 meses e o profissional formado no curso poderá atuar no campo educacional, como em escolas, consultorias, aulas particulares, docência e gestão. O aluno contará com uma metodologia inovadora que proporciona autonomia nos estudos, agregando ainda mais em seu currículo profissional e garantindo novas oportunidades no mercado de trabalho. 

Além disso, conta com condições super especiais para você começar a estudar ainda este semestre. Já imaginou?

Gostou de saber mais sobre metodologias ativas de aprendizagem? Que tal conhecer os cursos de graduação (presencial ou EAD) e pós-graduação (também presencial ou EAD) da UniDomBosco? 

Conheça todos os nossos cursos e as condições especiais para quem quer fazer a sua segunda graduação (ou segunda licenciatura) com a gente, inclusive com a nota do Enem!

O Centro Universitário UniDomBosco possui mais de 400 polos de apoio de ensino a distância credenciados pelo MEC em todas as regiões do Brasil, e conta com mais de 15 mil estudantes matriculados nas modalidades presencial e a distância, em cursos de graduação e pós-graduação. Venha fazer parte da nossa história! Fale agora mesmo com um dos nossos atendentes e comece sua trajetória profissional com o pé direito!