Vamos falar de bullying

bullying

Infelizmente é cada dia mais comum ouvirmos falar sobre bullying.

Bullying (inglês), também chamado de intimidação sistemática, intimidação vexatória e bulimento, é o uso de força física, ameaça ou coerção para abusar, intimidar ou dominar agressivamente outras pessoas de forma frequente e habitual. 

Ele pode acontecer em qualquer ambiente, porém os relatos mais frequentes são no ambiente escolar.

Como identificar o bullying?

Uma pesquisa não tão recente, o que faz com que possamos pensar que o número atualmente deve ser maior, mostra que um em cada dez estudantes sofre bullying. E com isso se torna cada vez mais importante entender como identificar e a importância da mobilização contra o bullying.

As causas do bullying são várias, porém a maioria tem relação psicológica e relacionada às dificuldades de aceitação das diferenças. O que não aceita a diferença utiliza vantagens físicas e ou sociais contra a vítima.

Na maioria das vezes, aquele que sofre bullying esconde isso de pais e professores, por isso é importante estar atento aos sinais e assim poder tomar as atitudes necessárias.

Alguns sinais são:

  • isolamento;
  • poucas amizades;
  • falta de vontade e receio de ir para a escola e outros locais sociais;
  • baixa do rendimento escolar;
  • irritabilidade;
  • tristeza;
  • perda de apetite;
  • insônia.

Ao identificar os sinais, os especialistas indicam que seja buscada ajuda profissional e, confirmado o bullying, é preciso tomar atitudes para que ele acabe e que as consequências sejam minimizadas.

Identificar sinais naqueles que praticam também é essencial, pois dessa forma é possível fazer um trabalho com ele, evitando que isso afete tanto ele mesmo, quanto os demais. Agressividade e atitudes de superioridade são comuns nos que praticam bullying e buscar ajuda profissional para eles também é indicado.

Como uma das principais causas tem relação com a não aceitação, se faz mais do que necessário debater bastante o assunto nas escolas desde sempre, enfatizando e valorizando as diferenças. É preciso demonstrar que as diferenças são fatores de crescimento, aprendizado e não de preconceito e não aceitação.

Conhece a lei sobre o bullying?

 A LEI Nº 13.185, DE 6 DE NOVEMBRO DE 2015 institui o Programa de Combate à Intimidação Sistemática ( Bullying ).

A lei tem como objetivo a prevenção e conscientização sobre o bullying e cyberbullying.

Nessa lei são apresentados o que é bullying e cyberbullying e quais são os objetivos do programa.

Existe muita discussão ainda sobre o fato de o bullying ser considerado ou não crime e o assunto gera divisão de opiniões, principalmente no meio jurídico.

Como já dissemos, ele não ocorre somente no ambiente escolar e tem sido visto atualmente em locais de trabalho com mais frequência.

O assunto é relevante, de comoção social e deve estar sempre em debate, tanto nas escolas e universidades, como nas casas e nos ambientes de trabalho.

É dever de todos ter um olhar atento ao assunto.

Continue acompanhando o Blog UniDomBosco para se manter atualizado sobre os mais diversos assuntos e, se quiser saber mais sobre algum determinado assunto, escreva nos comentários.